Visit the new BJN website at: https://bjnephrology.org
Open Access Peer-Reviewed
Diretriz

Hipocalemia por perda extra-renal

HIPOCALEMIA POR PERDA EXTRA-RENAL

CAUSAS

Falta de ingestao

(anorexia nervosa)

Perdas gastrointestinais:

Vômitos (bulimia)

Diarréia

Fístulas digestivas

Sudorese excessiva(raro)

FISIOPATOLOGIA




Tanto o intracelular (IC) quanto o extracelular (EC) estao reduzidos.

Os rins retêm K

A área rosa representa a quantidade total de K em cada "tanque" (compartimento) . O nível de cada "tanque" representa a respectiva concentraçao de K (de acordo c/ escala

DIAGNOSTICO

Quadro clínico:


Fraqueza muscular

Ileo paralítico

Paralisia muscular

Paralisia respiratória

Arritmias

Poliúria

Quadro Laboratorial:

K plasmático < 3,5mEq/L

K urinário < 20mEq/L

FEK < 6% (exceto vômitos)

Gradiente transtubular de K (GTTK)* < 3

ECG

Prolongamento de PR e QT

Onda T achatada

Presença de onda U



HIPOCALEMIA POR PERDA RENAL

CAUSAS

Uso de drogas: Diuréticos

Anfotericina B

Hiperaldosteronismo

Tubulopatias hereditárias:

Síndrome de Bartter

Síndrome de Gitelman

Síndrome de Liddle


Alcalose metabólica

Acidoses tubulares renais:
Tipo I (clássica ou distal)
Tipo II (proximal)

FISIOPATOLOGIA




Tanto o intracelular (IC) quanto o extracelular (EC) estao reduzidos.

Os rins retêm K

A área rosa representa a quantidade total de K em cada "tanque" (compartimento) . O nível de cada "tanque" representa a respectiva concentraçao de K (de acordo c/ escala

DIAGNOSTICO

Quadro clínico:


Fraqueza muscular

Ileo paralítico

Paralisia muscular

Paralisia respiratória

Arritmias

Poliúria

Quadro Laboratorial:

K plasmático < 3,5mEq/L

K urinário >20mEq/L

FEK >12%

Gradiente transtubular de K (GTTK*) > 3

ECG

Prolongamento de PR e QT

Onda T achatada

Presença de onda U



HIPOCALEMIA POR REDISTRIBUIÇAO

CAUSAS

Alcalose metabolica

Excesso de catecolaminas

Feocromocitoma

Uso de β2-adrenergicos

Paralisia Periodica Familiar

Hipertireoidismo

FISIOPATOLOGIA




O intracelular (IC) pouco se altera, enquanto o extracelular (EC) está diminuído.

Processamento renal de K normal ou tendência a retençao

A área rosa representa a quantidade total de K em cada "tanque" (compartimento) . O nível de cada "tanque" representa a respectiva concentraçao de K (de acordo c/ escala

DIAGNOSTICO

Quadro clínico:


Fraqueza muscular

Ileo paralítico

Paralisia muscular

Paralisia respiratória

Arritmias

Poliúria

Quadro Laboratorial:

K plasmático < 3,5mEq/L

K urinário variável

FEK variável

Gradiente transtubular de K (GTTK*) variável

ECG

Prolongamento de PR e QT

Onda T achatada

Presença de onda U




TRATAMENTO

CORREÇAO DO DISTURBIO PRIMARIO

Reposiçao por via oral:

Dieta rica em K

KCl

Citrato de potássio

Reposiçao endovenosa:

KCL 19,1% dissolvido em soro fisiológico até 250mEq/24h

Se houver arritmia e/ou paralisia:

10 a 40mEq/h até o limite de 250mEq/24 h

Diuréticos retentores de potássio:

Amiloride, Trianterene

Espironolactona (hiperaldosteronismo)

Repor Mg se necessário


© 2019 All rights reserved